Comunidade de Oeiras

Bem vindo à Paróquia de Nossa Senhora da Purificação de Oeiras

Padre Sérgio Bruno: “Eis o meu Servo”

Jesus viveu como desconhecido na família de Nazaré até aos 30 anos. Por volta dos 30 anos deixa a Sua terra e vai ao rio Jordão para ser batizado por João Baptista. A Palavra de Deus que escutamos neste Domingo ajuda-nos a entrar mais neste mistério que é o Batismo de Jesus e o que é o nosso Batismo!

O Batismo de Jesus, que hoje celebramos, não foi para Deus lhe perdoar os pecados, pois não os tinha. O Batismo de Jesus é a Sua apresentação ao mundo como SERVO e FILHO DE DEUS. Foi o começo da Sua vida pública, da Sua pregação!
Até ali, Jesus tinha vivido oculto, ignorado e despercebido na família de Nazaré. A partir do Batismo Ele é ungido (=escolhido) para anunciar o Evangelho e formar a grande família dos Filhos de Deus, a Igreja, de que a família de Nazaré é uma imagem. A Palavra de Deus Pai que escutamos neste Domingo: “Tu és o Meu Filho muito amado; em Ti pus toda a minha complacência”, faz-nos reconhecer em Jesus o misterioso Servo que Isaías (Is 42, 1-4) anunciara e que devia levar a justiça às nações, o mesmo é dizer, que havia de levar a Salvação a todos os povos. De facto, também sobre Jesus que saía da água do Jordão desceu o Espírito Santo. Jesus realiza verdadeiramente aquilo que o “Servo” havia de fazer. Em Jesus, Deus fez a Nova e Eterna Aliança com a humanidade. A Sua Palavra ainda hoje continua a abrir os olhos aos cegos, e a libertar das cadeias e da escuridão todos os que vivem no pecado.

Hoje, também Deus diz a quem tem ouvidos para ouvir: “Este é o Meu servo, a quem Eu protejo, o meu eleito, o enlevo da Minha alma. Sobre ele fiz repousar o Meu Espírito, para que leve a justiça às nações”. É que o caminho de Jesus é necessariamente o caminho do cristão. Se Deus nos chamou a Fé pelo batismo que um dia recebemos é para que um dia sejamos cristãos adultos e o Senhor possa enviar-nos a dar testemunho da Suas maravilhas.

Abraço, Sérgio Bruno.

LEAVE A RESPONSE

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

%d bloggers like this: